segunda-feira, 11 de março de 2013

Filosofia Unidade VII


ÉTICA E MORAL
• Ética e moral, apesar de serem normalmente intercambiáveis, não são sempre intercambiáveis. A Ética possui origem grega, nascida na filosofia, já a Moral possui origem latina, nascida na religião. Ambas discursam teoricamente sobre o dever-ser do hábito dos homens, isto é, discutem a maneira que o homem viveria melhor e seria mais feliz e íntegro; ambas discutem os costumes que os homens deveriam cultivar para florescerem perfeitamente. E enquanto para a Ética a racionalidade da virtude é o ponto de partida, para a Moral é a fé na palavra divina o ponto de partida. Como foi dito inicialmente, elas são intercambiáveis, porém nem sempre, isto depende do contexto.
• E a Política é tudo aquilo que envolve a vida na cidade ou tudo aquilo que envolve as instituições fundadas na cidade. A política não é apenas relacionada com “grupos humanos”.

• A confusão entre ética e moral traz alguns problemas, principalmente para uma sociedade como a nossa que é tão consciente da distinção entre filosofia e da religião. A ética e a moral constituem idealizações dos nossos costumes, isto é, elas formulam a maneira ideal segundo a qual nós deveríamos nos comportar normalmente, porém elas não possuem origens similares. É bastante importante sabermos diferenciar que a ética é uma idealização proveniente da Filosofia, do pensamento de Aristóteles especificamente, enquanto a moral é uma idealização proveniente da Religião, do catolicismo especificamente. Então, é sempre importante diferenciar a ética da moral, pois ambas possuem princípios bastante distintos apesar de poderem dizer coisas similares posteriormente.
• A moral kantiana é baseada na autonomia da vontade, uma autonomia racional que permite aos homens decidirem quais devem ser as suas ações. Nesse sentido, somente um individuo que assim age pode ser digno da felicidade.
• No pensamento de Habermas, a norma moral é baseada no princípio de universalização e isso se verifica justamente na afirmação de que ela só é válida na medida em que todos lhe dão consentimento.
• A ética profissional diz respeito às considerações éticas que uma categoria de profissionais ou uma empresa estabelece para si mesma. Ela deve estar de acordo com as regras sociais mais amplas, bem como oferecer indicações a respeito da conduta esperada para o tipo de profissional em questão.

• Maquiavel pode ser considerado como o primeiro cientista político moderno justamente por pensar a política a partir de suas demandas internas, e não por um julgamento moral ou religioso. Nesse sentido, na obra O Príncipe, ele analisa como a política deve ser orientada no sentido da conquista e da manutenção do poder.
Postar um comentário